Aguarde, carregando...

Suspeito de atear fogo em carros em Palmas é preso após perseguição policial

Com ele os policiais encontraram duas porções de maconha e uma faca. Na última terça-feira (12) bombeiros combateram uma sequência de incêndios em diferentes endereços da capital.

Por Luís Poeta

16/09/2022 15:24h

Um homem de 19 anos foi preso nesta quinta-feira (15) em Palmas. Segundo a Polícia Militar (PM), ele é suspeito de atear fogo em carros na capital na noite em que quatro veículos foram destruídos em diferentes endereços. O suspeito foi detido após cair da motocicleta ao tentar fugir de uma abordagem.
 
A prisão aconteceu na região central de Palmas. Os militares realizavam patrulhamento na avenida NS-10, na quadra 210 Sul, quando um motociclista, ao perceber a aproximação dos policiais, saiu em alta velocidade.

Os militares deram ordem de parada, mas o homem ignorou e continuou fugindo. Durante a perseguição policial, o homem subiu em um canteiro lateral, perdeu o controle da direção e caiu. Após a queda ele tentou correr, mas foi alcançado e rendido pelos policiais. Com o suspeito foram encontradas duas porções de maconha, uma faca, um celular.

O homem e os materiais apreendidos, incluindo a motocicleta, foram levados à delegacia.
Segundo a PM, além de ser preso por tráfico de drogas, ele também é suspeito de atear fogo em veículos em Palmas. O homem ainda tem passagens pela polícia por roubo, associação criminosa e uso de moeda falsificada no Tocantins e Goiás.

Sequência de incêndios

Os crimes aconteceram na noite de terça-feira (12). O primeiro incêndio foi registrado por volta de 21h30. Um carro de passeio foi incendiado em uma rua do setor Santa Bárbara, na região sul de Palmas.

Em seguida, por volta das 22h20, os bombeiros foram chamados para outro combate semelhante. Um carro que estava parado em rua da quadra AR-SE 112 (1.106 Sul) também pegou fogo.

Às 22h38, um caminhão pegou fogo na TO-050, também na região do plano diretor sul. O último caso foi por volta de 23h10, quando o ônibus escolar foi incendiado em frente à escola Vinícius de Moraes. O veículo, que faz parte da frota do transporte escolar da rede municipal de ensino, ficou completamente destruído pelas chamas.