string(3713) "Com assédio de West Ham e Newcastle a Gabigol, Flamengo é irredutível e pede valor da multa: R$ 212 milhões - Correio do Bico" Com assédio de West Ham e Newcastle a Gabigol, Flamengo é irredutível e pede valor da multa: R$ 212 milhões - Correio do Bico

Aguarde, carregando...

Com assédio de West Ham e Newcastle a Gabigol, Flamengo é irredutível e pede valor da multa: R$ 212 milhões

Clubes ingleses e Fenerbahçe demonstram interesse no atacante, mas firmeza rubro-negra na pedida de 33 milhões de euros e planos do jogador esfriam investidas e indicam permanência

Por GILVAN BALBINO CALÇADOS

05/01/2022 09:00h

O roteiro que associa Gabigol a clubes ingleses está longe de ser inédito, mas desta vez conta com fatores mais palpáveis. Nas últimas semanas, o Newcastle estabeleceu contato e o West Ham fez proposta. A resposta do Flamengo foi a mesma: qualquer chance de negociação parte do pagamento da multa de 33 milhões de euros (R$ 212 milhões).

O valor da cláusula é o dobro dos 16,5 milhões de euros acertados para compra junto à Inter de Milão, no início de 2020, quantia que ainda está sendo paga pelo Flamengo. As movimentações até o momento, no entanto, indicam pouca chance real de saída.

Em dezembro, três clubes fizeram contato pelo camisa 9 rubro-negro com abordagens diferentes: West Ham, Newcastle e Fenerbahçe. Desses, apenas o primeiro falou diretamente com o Flamengo e teve recusada de imediato uma proposta de empréstimo por 18 meses, mediante pagamento de 6 milhões de euros.

O Flamengo não cogita fazer movimentos de saída de seu maior ídolo atual e só abrirá conversas a partir do momento em que alguém se mostrar disposto a pagar a multa rescisória e convencer Gabi de que se trata de um bom projeto. A oferta foi tratada de maneira irônica e irrelevante pela diretoria, que sequer deu brecha para conversas no início de dezembro.

Mais para o fim do mês, foi a vez de o Newcastle entrar em contato com o staff do jogador através de um intermediador inglês para saber as condições de negócio. A resposta foi de que o Flamengo só aceita negociar mediante multa, e o agente ficou da avaliar movimentos após a abertura da janela - o que aconteceu na última segunda-feira.

Por fim, também através de terceiros, o Fenerbahçe buscou informações e demonstrou interesse em formalizar uma proposta. O mercado turco, por sua vez, está longe de apetecer Gabigol, e o Flamengo recebeu com desdém a informação, tendo como base estudo que indica a capacidade recente de investimento do clube de Istambul.

As movimentações até o momento seduzem muito pouco não somente o Flamengo, mas também Gabriel. Além do status de ídolo, o atacante tem salários padrão Europa no Brasil (recebe praticamente o mesmo contrato que era executado pela Inter de Milão), reafirma repetitivamente o quanto é feliz no Rio de Janeiro e tem a Copa do Mundo quase como obsessão para 2022.

Se retornar à Europa é algo que ainda mexe com seus planos, há a convicção de que não há margem para erros com projetos, como aconteceu com Inter de Milão e Benfica. Até por isso, empréstimos tampouco seduzem o staff do jogador.

Gabriel se reapresentou nesta terça-feira no Ninho do Urubu, seis dias antes dos companheiros, para iniciar a pré-temporada. Com a data Fifa de janeiro no radar, sabe que a chance de convocação antes de voltar a jogar é reduzida, mas quer passar a mensagem para Tite de que fará de tudo para seguir na Seleção até o Catar.