string(2745) "Prefeitura de Piraquê enrijece combate a Covid-19 e determina fechamento do comércio - Correio do Bico" Prefeitura de Piraquê enrijece combate a Covid-19 e determina fechamento do comércio - Correio do Bico

Aguarde, carregando...

Prefeitura de Piraquê enrijece combate a Covid-19 e determina fechamento do comércio

Por Luís Poeta

28/04/2021 11:20h

A Prefeitura de Piraquê, no norte do Tocantins, publicou um novo decreto, nesta quarta-feira (28), com medidas mais rígidas para conter a Covid-19 na cidade. O documento determina o fechamento do comércio e proibiu embarque e desembarque de passageiros em veículos de transportes, como vans, micro-ônibus e ônibus, oriundos de outras cidades. As regras têm validade por 15 dias.

Segundo o texto, fica proibido, em qualquer horário, o funcionamento de estabelecimentos comerciais sujeitos a aglomeração de pessoas.

Não estão incluídos farmácias, supermercados, açougues, restaurantes e posto de combustível, que podem funcionar até as 18h, desde que observadas as medidas de proteção individual, como a disponibilização de álcool em gel, o uso obrigatório de máscara e o distanciamento de pelo menos dois metros entre os clientes.

Os restaurantes só poderão funcionar na modalidade de serviço delivery e similares, encerrando as atividades comerciais às 14h.

O decreto também proíbe a circulação e permanência de pessoas em igarapés, balneários públicos e privados, praças, quadras esportivas e em qualquer outro bem ou logradouro público ou privado de uso coletivo destinados a atividades de lazer, esportes ou entretenimento.

As atividades religiosas como cultos, missas e outras celebrações serão realizadas exclusivamente pela internet, conforme determinou o município.

Também está proibida qualquer reunião, pública ou privada, inclusive de pessoas da mesma família que não moram na mesma casa, independentemente da quantidade de pessoas.

O descumprimento das medidas resultará em crime contra a saúde pública, sujeito a pena de detenção, de um mês a um ano, e multa.

A prefeitura também publicou outro decreto estabelecendo ponto facultativo nas repartições públicas municipais nas próximas quinta (29) e sexta-feira (30), considerando a necessidade de medidas para enfrentamento à pandemia.

Nas redes sociais, o prefeito da cidade Neto SOS disse que as medidas foram tomadas devido ao aumento de casos de Covid na cidade. “Fico triste igual a vocês de ver a nossa cidade no estado em que se encontra, de muito casos. Mas, é preciso tomar medidas para conter o avanço da Covid em Piraquê”.

O secretário de saúde Jair Pereira destacou que a cidade não tem estrutura para atender pacientes com a doença. “Nós não temos leitos de UTI, nós não temos leitos clínicos, então é por isso, que estou pedindo a casa um de vocês, que nos ajudem a baixar a curva de Covid. Nós estamos sendo cobrados pelo Ministério Público, a forma de nós ajudarmos e pedirmos ajuda é fechando o comércio e pedindo para parar de andar na rua”.

O secretário informou também que barreiras sanitárias foram montadas nas entradas e saídas da cidade. A fiscalização foi ampliada porque a maioria das pessoas ignora as medidas.