Aguarde, carregando...

Nova Olinda adere ao Selo Unicef e realiza o 1° Fórum Comunitário para discutir a garantia dos direitos das crianças e adolescentes

Durante o evento foram debatidas ações nas áreas da educação, saúde e assistência social.

Por Luís Poeta

23/06/2022 20:08h

Por: Túlio Alves / Ascom

Nesta quinta-feira, 23, a Prefeitura de Nova Olinda deu um passo importante rumo à promoção e garantia dos direitos das crianças e adolescentes, através do 1° Fórum Comunitário do Selo Unicef, realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA, com participação das secretarias municipais da Educação, Saúde e Integração Social.

O Fórum Comunitário é obrigatório para a obtenção do Selo, e garante a participação de pais, mães, educadores, profissionais da saúde, assistentes sociais, gestores municipais e todos que podem contribuir para que os direitos das crianças e adolescentes sejam respeitados.

Na abertura do encontro o presidente do CMDCA, José Fernandes da Silva, destacou a importância das discussões acerca do tema. “Essa troca de ideias tem um significado muito positivo. Através delas conseguiremos centralizar os nossos esforços e desenvolver políticas públicas que coloquem as nossas crianças e adolescentes como prioridade, sabendo que elas são é que vão garantir o futuro da nossa nação e precisam de toda a nossa atenção e cuidado,” disse.

O município traz como resultado prático do evento a criação de um plano de ações que devem ser trabalhadas até 2024, baseadas no desenvolvimento infantil na primeira infância; educação de qualidade para todos; hábitos de higiene e acesso a água e saneamento, assegurados para crianças e adolescentes nas escolas; oportunidades de educação, trabalho e formação profissional para adolescentes e jovens; desenvolvimento integral, saúde mental e bem estar da criança e adolescente na segunda década de vida; prevenção e resposta às violências contra crianças e adolescentes; proteção social e atenção integral para famílias vulneráveis via serviços inter-setoriais; participação cidadã e gestão por resultados.

A articuladora municipal do Selo Unicef, Cristiane Alcântara, frisou o empenho da gestão com a causa. “Nós estamos atravessando um período de pandemia e tivemos que adiar o Fórum de 2021 devido a isso. Mas todos os envolvidos seguiram o compromisso de levar esse trabalho à frente, e estamos aqui, lutando por um futuro melhor passa as nossas crianças e adolescentes,” declarou.

A adesão ao Selo ocorre pela primeira vez em Nova Olinda, e coloca o município numa vasta rede de proteção, que busca garantir condições de vida satisfatórias às crianças e adolescentes, com o apoio do ente público.