string(3435) "Homem foragido da Justiça de Minas Gerais por latrocínio é preso pela Polícia Civil no extremo norte do Estado - Correio do Bico" Homem foragido da Justiça de Minas Gerais por latrocínio é preso pela Polícia Civil no extremo norte do Estado - Correio do Bico

Aguarde, carregando...

Homem foragido da Justiça de Minas Gerais por latrocínio é preso pela Polícia Civil no extremo norte do Estado

Suspeito teria fugido para a cidade de Maurilândia e foi localizado pela Polícia Civil

Por REDAÇÃO CORREIO DO BICO

29/07/2021 12:59h

Policiais Civis da 15ª Delegacia de Sítio Novo do Tocantins, e também da 16ª DP de São Miguel do Tocantins, com apoio de agentes da 17ª DP de Itaguatins, sob o comando da delegada Daniela Caldas efetuaram a prisão de um homem de 19 anos de idade, na tarde dessa quarta-feira, 28, na cidade de Maurilândia do Tocantins.

Suspeito de praticar um crime de latrocínio no início do mês de julho de 2021, na cidade de Pouso Alegre em Minas Gerais, o indivíduo foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão expedido pela Segunda Vara Criminal e de Execuções Penais da Comarca da cidade mineira. 

Investigações realizadas pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) na cidade de Pouso Alegre apontaram que o foragido da justiça teria fugido de Minas e estaria escondido na cidade de Maurilândia, no extremo norte do tocantinense. Desse modo, após compartilhamento de informações entre as Polícias Civis de Minas e também do Tocantins, as equipes da PC-TO conseguiram localizar o paradeiro do indivíduo, que estava, de fato, na cidade de Maurilândia e, assim efetuar a prisão do mesmo.

O indivíduo preso é apontado como um dos autores de um crime de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte, crime esse de grande repercussão ocorrido no início do presente mês no município de Pouso Alegre, quando um agricultor de 44 anos foi morto com disparos de arma de fogo e também uma facada na cabeça em uma localidade conhecida como Pântano das Rosas. 

No dia do crime, o pai da vítima chegou a sua residência e encontrou seu filho já sem vida sentado em uma varanda da casa. O crime teria sido cometido pelos autores que queriam roubar certa quantia em dinheiro da venda de algumas cabeças de gado efetuadas pelo fazendeiro dias antes.

O homem preso foi recolhido à Cadeia Pública de Araguatins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Pouso Alegre, cidade para onde será recambiado a fim de responder pelo crime que lhe é imputado.