string(2706) "Escritor Xambioaense Luís Poeta participará da 4ª Feira Literária Portuense (Flip) - Correio do Bico" Escritor Xambioaense Luís Poeta participará da 4ª Feira Literária Portuense (Flip) - Correio do Bico

Aguarde, carregando...

Escritor Xambioaense Luís Poeta participará da 4ª Feira Literária Portuense (Flip)

Por REDAÇÃO CORREIO DO BICO

06/08/2021 10:26h

O Escritor Xambioaense Luís Alves Ribeiro (Luís Poeta) irá participar na Capital da Cultura do Tocantins, Porto Nacional neste sábado, 07, da 4ª Feira Literária Portuense (Flip), toda no formato digital, pelo canal o município no YouTube, por conta da pandemia da Covid-19. O evento é um dos 14 do calendário turístico cultural da cidade em 2021, que formam o mosaico das manifestações culturais e da infraestrutura turística do município, apresentadas no 1º Circuito Turístico Cultural de Audiovisual de Porto Nacional, com a temática “A importância do registro da memória”. A abertura oficial acontecerá na quinta-feira, às 19 horas, na Comsaúde, e contará com a presença do prefeito Ronivon Maciel, do escritor e presidente da Academia de Letras e Artes de Porto Nacional – Alaporto, Edvaldo Rodrigues, e homenageados.

A 4ª edição da feira tem como patrono nacional o escritor goiano Bernardo Élis (in memorian), imortal da Academia Brasileira de Letras; e, como patrono regional, o escritor tocantinense Wátila Misla, da Academia Dianapolina de Letras.

O artista homenageado será o portuense Mestre Bonfim dos Pandeiros e o Café Literário terá a escritora portuense Elvanir Matos Gomes, a Quinhinha, imortal da Academia de Letras e Artes de Porto Nacional (Alaporto).

Uma novidade desta 4ª edição é que a Biblioteca Municipal de Porto Nacional Eli Brasiliense premiará o escritor destaque da Flip. A escolhida foi a escritora Xambioaense Francisquinha Laranjeira, que é imortal e ex-presidente da Academia Palmense de Letras, pelo apoio dado à Flip na intermediação juntos às diversas academias de letras do Tocantins, como também de outros Estados, desde a 1ª edição.

A Flip foi criada em 2017 pela Prefeitura de Porto Nacional e tem como organizadores a Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo, através da Biblioteca Municipal Eli Brasiliense, e a Academia de Letras e Artes de Porto Nacional (Alaporto), com a coordenação da servidora efetiva Maria de Fátima Oliveira.

O 1º Circuito Turístico Cultural de Audiovisual de Porto Nacional é transmitido pelo canal YouTube da Prefeitura Municipal de Porto Nacional. Já teve mais de 200 mil visualizações, mostrando o que a cidade tem de melhor na cultura e no turismo, como também nos 283 anos de sua história.

O circuito tem como coordenador-geral o diretor da Cultura, Fábio M. Barbosa, da Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo de Porto Nacional.

Acompanhe a trajetória cultural de Luís Poeta

O escritor Xambioaense se destaca na Literatura (poesia, memorialista, história) Fotografia (ensaios, reportagens e eventos culturais), em 2020 Ingressou na Academia de Letras de Araguaína e Norte do Tocantins – ACALANTO, em 2019, teve Participação de Exposições Culturais na Universidade Federal do Tocantins, apresentação da Obra Odes a Minha Terra e Cartas ao Tempo na Terça-Literária em Palmas, em 2018 fez o Lançamento do Livro Cartas ao Tempos, em 2017 teve participação em Diversas Palestras e Coordenação de eventos culturais em Xambioá, em 2016 realizou o lançamento do Livro Odes a Minha Terra, mesmo ano da Criação do Festival da Poesia Xambioense, em 2015 fez o Lançamento do seu primeiro livro O Siena Preto, em 2015 atuou na Coordenação de Eventos Culturais em Xambioá. Ao lado de nomes como Luís Aparecido e José Francisco da Silva Concesso, em 2014 fez parte da Fundação e Ingresso na Academia de Letras Juvenil de Araguaina (ALJUVA), em 2013 participou da Coordenação de alguns Eventos Culturais em Wanderlândia, assim como em 2011 atuou na Coordenação do Ponto de Cultura de Xambioá, em 2010 foi realizada a Terceira Edição do Programa Quinta- Cultural de Xambioá, no ano de 2007Lançou o Blog Constatações em Brasília – DF, em 2004 aconteceu a primeira Reedição do Projeto Quinta-Cultural/ Com apresentações nas escolas de Xambioá em 2003 Elaborou e Executou o Projeto Quinta – Cultural – Com apresentações de Artes Cênicas, poesia, dança, música, contação de histórias em Xambioá, também em 2003 participou do Festival de Poesia Aberto de Araguaína (FEPEARA), em 2002 – deu entrada na Filiação na Aspeara – Associação dos Poetas e Escritores de Araguaína e sua atividade cultural começa em 2001 com apresentações Artísticas nas Escolas Estaduais e Municipais de Xambioá.