string(2565) "Academia de Letras de Araguaína empossou novos imortais neste sábado - Correio do Bico" Academia de Letras de Araguaína empossou novos imortais neste sábado - Correio do Bico

Aguarde, carregando...

Academia de Letras de Araguaína empossou novos imortais neste sábado

Por REDAÇÃO CORREIO DO BICO

12/07/2021 11:45h

A Academia de Letras de Araguaína – ACALANTO empossou na noite deste sábado, 10, os novos imortais que irão participar da entidade que é uma das responsáveis pelo cultivo da cultura regional, bem como difusão da arte literária, como fortalecimento das tradições.

O evento aconteceu na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) com a presença de diversas autoridades e representantes de instituições ligadas a arte, cultura e educação.

A historiadora Marta Vieira discursou em nome dos novos membros, realizando uma análise da necessidade e função social da escrita.

ACALANTO

A ACALANTO – Academia de Letras de Araguaína e Norte do Tocantins foi fundada em 2002, com iniciativa do Professor e escritor José Francisco Concesso.

A Academia de Letras de Araguaína há 19 anos atua com seu corpo de obreiros no incentivo à formação de novos leitores, criação de novas práticas de incentivo à leitura e discussão de temas voltados para a cultura e arte regional.

A atual diretoria é composta pelos imortais Alexandre Brito (Presidente), Eudis Queiroz (Secretário Executivo), Edson Gallo (Diretor Institucional/Cerimonial); Luís Poeta (Diretor Social), Zequinha Decolores (Diretor de Patrimônio), Eurlene Arruda (Diretor da ALJUVA – Academia de Letras Juvenil de Araguaína), Leomar Alves (Diretor da ALMA – Academia de Letras Mirim de Araguaína). O Conselho Fiscal é composto pelas imortais Josa de Freitas, Symone Elias e Sueli Marques Ferraz.

Novos Imortais

Os novos membros da Acalanto que tomaram posse foram os escritores Luís Alves Ribiero (Luís Poeta de Xambioá), Leomar Alves de Sousa, Elizete Machado Jr, Wandercy de Carvalho, Symone Elias, Francisco Neto Pereira Pinto, Jackson Amaral Brandão, Denison Costa, José Antônio da Silva, Martha Vieira, Sueli Marques Ferraz, José Manoel Sanches da Cruz e Getúlio Dias Neto, Walece Rodrigues não pode participar da cerimônia, no entanto é um dos imortais que compõe o quadro de obreiros.